• Dra Cleonir de Moraes Lui

Zika, chikungunya e dengue, prevenção antes de viajar!


Nesta época de férias, de calor e de chuvas intensas, existe uma preocupação com a prevenção da proliferação do mosquito Aedes aegypti, transmissor dos vírus zika, chikungunya e dengue. Com as celebrações de fim de ano, há a geração de uma grande quantidade de descartes e lixos, que podem se transformar em potenciais criadouros do mosquito. Muitas famílias viajam e deixam suas casas vazias. Por isso, é importante a concientização para que se elimine, nas residências de todo o País, qualquer recipiente que possa se transformar em criadouro.

A fêmea do Aedes aegypti pica pessoas em busca do sangue necessário para maturar os ovos. Ela coloca cerca de 1.500 ovos que podem durar até um ano, aguardando água para se transformarem em larvas e mosquitos. Por isso, a importância de não deixarmos nada exposto, onde as fêmeas possam colocar seus ovos.

É importante que, antes de viajar, se faça uma vistoria na casa e arredores para eliminar entulho, lixo, recipientes vazios, pneus, guardando pratos de plantas e caixas e descartando objetos, utensílios e recipientes que possam acumular água e se transformar em criadouro do Aedes aegypti. As pessoas também devem verificar se as caixas d’águas estão bem fechadas e se as calhas estão limpas.

#dengue #chikungunya #zika #mosquito #Aedesaegypti #férias

28 visualizações
  • Instagram
  • LinkedIn ícone social
  • Facebook ícone social

Este site proporciona informações seguras sobre Pediatria, Alergia, Imunologia e saúde em geral.

Desenvolvido para promover a saúde, oferece conteúdo fidedigno, correto e de alta qualidade, protegendo a privacidade dos pacientes e respeitando as normas regulamentadoras do exercício ético-profissional da medicina.

Atenção: as informações contidas neste site, não substituem a necessidade da consulta com sua ou seu pediatra.

Todas as fotos expostas neste site têm seus direitos autorais respeitados. Não há foto de pacientes neste site.